segunda-feira, 11 de julho de 2011

Enquanto ela não vem.


Fim de tarde o céu já esta perdendo seu brilho ofuscante,
 e a vida já não me faz nenhum sentido.
Deitada em minha cama  já carcomida pelo tempo. 

onde o único  som continuo que ouso é o barulho da  intensa chuva
a bater nas telhas de minha casa.
Ainda posso ouvir os cochichos eufóricos
e o som dos passos largos das criaturas  lá fora
aparentemente felizes nos seus mundinhos cor de rosa. 


Imersa em meus pensamentos noto a grande inútil que fui nessa vida.
Talvez esteja sedo pra decretar um final tão eminente,
 porém se o fim de minha alma já se alastrou definitivamente
é só uma questão de tempo para que meu corpo inabitado
 se deleite no mais profundo âmago.


Enquanto ela não vem 
libertar-me 
fecharei meus olhos e fingirei que esta tudo bem.
Enquanto ela não vem.
by:Neh.etc



14 comentários:

  1. Menina, obrigada por visitar o meu blog... fiquei muito feliz por ter você por lá!
    E quero desejar todo sucesso pra ti por aqui tbm!

    ResponderExcluir
  2. Oi lindeza, eu adooorei seu blog!!
    Super criativo e de boa qualidade e muito bom seguir blog assim!!!
    Depois dê uma passadinha no http://www.arquitetandomoda.com/ será um prazer recebe-la!!
    E a propósito ja estou te seguindo,
    Se gostar do meu espaço segue também, que será uma honra!
    mais uma vez parabéns e tenha uma otima noite!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. aiiin, vc escreve tão beeem, em um estilo tão único! amei!
    bjs bjs

    ResponderExcluir
  4. Ahhh, tão fofo...
    Um pouco triste, mas uma gracinha!

    Beijinhos

    ---
    www.jehjeh.com

    ResponderExcluir
  5. Que lindo! :P

    http://www.garotasdizem.com/

    ResponderExcluir
  6. Lindo!
    Muito bom mesmo, tens talento, e sabe utilizar as palavras :D


    to te seguindo, segue de volta e comenta?
    www.luliskd.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. A palavra "Niilismo" me veio a cabeça enquanto lia.

    ResponderExcluir
  8. Nossa
    olhar gótico na veia.
    Me lembra um poeminha meu, chamado Fome, que está postado no Café e Água.
    Eu gostei desse, desde que descobri Augusto dos Anjos aprendi a dar valor à depressão.

    Vou nessa,
    Abraços!

    http://cafeeagua.blogspot.com
    http://redutonegativo.blogspot.com
    @rejane_marques

    ResponderExcluir
  9. Gostei do seu blog e estou seguindo, se poder retribuir ficarei feliz :)

    http://blogtatudodominado.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Triste, mas bonito!


    Meu blog:
    http://azizefashion.blogspot.com/
    Minha page:
    http://www.facebook.com/pages/AZIZE-FASHION/133491186723572
    Twitter:
    @AzizeFashion

    ResponderExcluir
  11. Acho que o sofrimento também traz sentido pra vida, ainda que do desajuste. Acho melhor que uma vida conformadamente feliz. Sentidos vem e vão, é complexo né... Mas a intensidade das coisas vai além das palavras que podemos tecer sobre elas.

    ResponderExcluir
  12. Seu poema é um pouco triste, parece um grito de socorro para sair de uma inércia.
    A terrivel angústia a espera de alguém que não chega.

    ResponderExcluir
  13. Neh, seu poema está muito bonito. Procure, porém, diminuir um pouco a quantidade de palavras; creio que ainda está um tantinho aparentado com a prosa. Correçõezinhas: "som contínuo que ouço", "iminente" ("eminente" significaria "importante", o que não é o caso). Beijíssimos e sucesso!

    ResponderExcluir
  14. primeiramente obrigado pelas visitas e comentários gostei da interpretações de vocês
    e obg pelas dicas Fernando são sempre bem vindas ^^ e eu pus eminente (importante) é mesmo importante é isso que ela espera que a morte venha busca-la para concretizar esse final ^^ talvez não faça sentido mas foi o que eu quis passar nesse trecho
    enfim usar suas dicas no próximo, obg ^^

    ResponderExcluir

deixe aqui suas opiniões, elogios, criticas,dicas, diga-me o que sentio ao ler meus posts, etc. ^^ surpreenda-me rsrs
desde já agradeço.